Total de visualizações de página

sábado, 14 de maio de 2011

CACOFONIA

 

Cacofonia (Gr.  Kako: feio, desagradável; phonia,as: voz ou som)

Cacofonia é a dominação que se dá a sons desagradáveis, causados por palavras formadas com duas ou mais sílabas de vocábulos diferentes no enunciado, quando são pronunciadas, dando uma conotação engraçada, obscena, pejorativa ou sem sentido, como boca dela; se for desse jeito; ave, Adão! Eu lhe ligo. Também pode ocorrer com palavras fora do seu contexto, por exemplo: picadura,  concebo e com palavras ou expressões estrangeiras, a saber: “today is pay day” (hoje é dia de pagamento, em inglês),  “merci beaucoup” (muito obrigado, em francês),  “tomar una buseta” (pegar um ônibus, em espanhol).
 Opõe-se à eufonia, que é som ou combinação de sons agradáveis ao ouvido. Não é considerado erro gramatical nem semântico. Se for intencional, é uma figura de linguagem.
Porém, a cacofonia pode constituir-se em um dos chamados vícios de linguagem que devem ser evitados, tanto na linguagem coloquial quanto na escrita, em razão de introduzir, por meio da musicalidade da língua, palavras com sons desagradáveis ou sentindo duplo no enunciado. Vou dar alguns exemplos (todos que consegui me lembrar ou encontrar) no contexto para ficar mais didático:

§  Desde pequenos, aprendemos que somos descendentes de Eva e Adão;
§  A vaca come capim-elefante e o touro só capim-canela;
§  Ele beijou a boca dela duas vezes seguidas.
§  “A caçada foi ruim: eu cacei um tucano e você um jacu. Vamos voltar! Você, que sabe o caminho, vai à frente com o jacu que eu vou com o tucano atrás”,
§  “Maria, seja gentil, deixe o Paulo entrar”;
§  Bata com uma mão para mim, por favor;
§  Essa fadinha é querida de todos os garotos e garotas;
§  “O débito será dividido entre o trio: mil meu com mil de vocês dois”;
§  Não se preocupe, Maria, pois quando eu chegar, vou ligar lá em casa;
§  Deixe ir-me já, pois estou atrasado;
§  Sabes que te amo, pois quando te vejo, meu coração por ti gela;
§  A TV está com defeito porque alterna para cor sim, cor não;
§  Jamais me esquecerei de ti, pois sei que um grande amor não se acaba assim;
§  Não tem nada de errado a cerca dela;
§  “Vou-me já indo que está pingando, pois acho que chover”;
§  Instrumento para socar alho;
§  Depois da chuva, o mofo deu em tudo;
§  “Vem dançar, cossaco, pois, nesta dança, não fica cossaco fora”;
§  Por falta de audiência, Sílvio Santos tirou Roletrando do ar de vez;
§  O Quico é feio, mas muita gente diz: ”Quico bonito”!
§  Somente compro, se for daí de sua loja;
§  Dizem que com sua reza Sara cura qualquer doença;
§  Preocupa-me se for dos seus;
§ Você pinta bem, mas quero ver se você pinta como eu pinto;
“Se for Darcir, pode entrar”;
§  “Vai Gina, assistir ao filme comigo”?
§  Agora percebo que você nunca gostou de mim;
§  Neste sentido, eu sou como você;
§  Muitos são adeptos da fé católica;
§  Uns têm fé de menos;
§  Outros têm fé de mais;
§  Nunca amei uma mulher como ela;
§  Relógio mido é bom, pois José tem um e já foi com o mido na chuva, no chuveiro e até na piscina, mas não entrou água;
§  Ele é um homem de pouca fé;
§  Esse time nunca ganha um campeonato;
§  Sabe que nunca mais eu vi ela;
§  Ela tinha tudo para ser feliz;
§  Agora você veja tudo que aconteceu;
§  Isso não aconteceu aqui, mas lá acolá;
§  Você me jogou fora de sua vida;
§  Para evitar a picadura , use repelente contra mosquito;
§  O supermercado Carrefour deu prazo para os clientes renegociarem seus débitos;
§  O Zico jogou muito com Zinho;
§  Roberto Carlos pediu a bola e o Cafu deu;
§  A Márcia Fu deu uma cortada na bola no jogo contra Cuba;
§  O interesse do governo não é o da nação;
§  O prefeito diz que vai fazer tudo por cada um de nós;
§  A ditadura de Cuba lança desafio aos Estados Unidos;
§  Eu sei que nunca mais vou amá-la novamente;
§  “Alma minha gentil, que te partiste”;
§  Se for desse jeito, para mim já chegou;
§  Não preciso praticar Cooper, pois eu acho que nasci com o Cooper feito;
§  Maria não se encontra. Não sei cadê ela;
§  Se não puder comprar um carro, compre uma bicicleta, assim conseguirá pagá-la;
§  Na derrota do Brasil para a França, a bola passou pelo Roberto Carlos, Cafu, Dida e foi para o fundo no gol;
§  Se a capital do Equador não mudar, continuará sempre Quito;
§  José continua morando na Rua Getúlio Vargas esquina com o beco “H”;
§  No cume daquela serra, há um formigueiro, quando chove, a água no cume entra e as formigas do cume saem;
§  “Deputado, seu partido está rachado”?
§  Meu time é o Flamengo. Agora me diga que time é teu!
§  “Maria, sabe onde está o Ricardo? “Sei: está ali comendo”;
§  “Por favor, seu Bento, dê-nos mais um exemplo de cacofonia”!  “Pois não”:
§  “Doutor, cure o Bento, pois ele está mal”!
* Se Eva coar o café no coador, fica muito mais gostoso.

Fonte: Wikipedia, várias gramáticas da língua portuguesa, dicionário Houais, crônicas esportivas, música e muitas cacofonias do cotidiano. Algumas, como as do meu nome, eu descobri e também as adaptei aos exemplos. Assim a língua portuguesa fica divertida e fácil, não é?

14 comentários:

  1. adorei seu poste so0bre cacofonia.sim vo tentar postar mais.O tempo é uma faca de dois gumes. E o post sobre Happy Potter é só algo descontarido esimples que encontrei.Tanto tempo longe do teclado que a gente perde u pouco a pratica.
    bjuss

    ResponderExcluir
  2. Sempre aprendendo aqui!
    Somos rodeados por cacofonia (eita nome,rsrs) mas te confesso que não sabia do nome certo para esses enunciados com duplo sentido.

    "Aqui no inverno quando o minuano se aproxima, uma chuvinha por cima e outra chuvinha por baixo".

    Uma vez na escola uma professora falou:
    "Acabou a aula até amanhã e agora vou-me já".
    Ela retornou e explicou, porque todos entenderam de forma diferente.

    "Se eu cozinho eu como, mas não lavo!"
    Outra que usamos muito aqui onde moro.

    Bom Domingo Bento, é sempre bom te ler!
    Abraço!!

    ResponderExcluir
  3. "Meu time é o Flamengo. Agora me diga que time é teu!"
    Ri alto aqui , Bento!
    Parabéns!
    Teu espaço é uma sala de Cultura Popular!
    Abraços meu querido e tenha um maravilhoso Domingo!
    Beijos em Taciane.

    ResponderExcluir
  4. Bento, a cacofonia é bem divertido.
    Eu não sabia que existia tanto assim.
    Com sua explicação, me relembrei.

    Beijos pra você e pra Taciane.

    ResponderExcluir
  5. Agradecida por tuas palavras.
    Bom lembrar de conceitos, tanto tempo que não lia nada sobre isso, lembrei de minha professora da sexta serie. Eu sempre lhe dizia, não fale cacofonia professora, é palavra feia, kkk, de som desagradável.kkk. Saudades de meus mestres. Acrescentou-me com toda certreza.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  6. Minha vó tinha um texto que ela sempre falava:
    Eu com minha filha e comadre ca dela.
    Fui por um caminho...Comadre potro.
    Encontrei o compadre com uma vara de tôca gado.
    Mas começou a chover e eu falei:- Vou mi já que já ta pingando.
    Sabia o texto mas não o nome.
    Agora eu já sei.
    Boa semana Bento.
    Obrigado pela freqüência com que visita minha Caixa.
    E tenha certeza que muito me honra sua amizade.
    Beijão na Tacy.

    ResponderExcluir
  7. E da-lhe cacofonia. Estamos rodeados de cacofonias.
    Adorei o post cultural.

    Beijo na Taci.

    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Obrigada pela visita ao meu canto Bento, e pode ficar a vontade e pegar sim, pra mim é uma honra!
    Retribuo o carinho e as palavras sinceras!
    Boa semana pra você e sua família!!

    ResponderExcluir
  9. Bento, tudo bem!
    falar de cacofonia, e sempre interessate,
    Algumas palavras sempre gerando risada.
    Lembra o verso de Carlos Drummoond de Andrade:
    A lingua, inda sangrando em cacos de palavras.
    Exemplo: nâo pense num caniço.
    Afinal, que nunca pagou mico com palavras desse
    tipo.
    Beijo para Taci.
    Abraço, uma semana abençoada.

    ResponderExcluir
  10. Seu Bento, você tem relógio mido? Você faz cooper? Você usa repelente ou leva picadura? Que camisa seu André gosta de usar?

    ResponderExcluir
  11. Agradecida amigo por tuas palavras!
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  12. Eu quem agradece as tuas palavras.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  13. estamos sempre rodiados de cacofonia!:)

    ResponderExcluir
  14. Doidao vei muito bom. (O vento no cume bate)

    ResponderExcluir