Total de visualizações de página

sábado, 10 de março de 2012

Cordel:desafio

Desenho de Taciane, minha filha de seis anos.


             Trabalhei numa empresa, onde havia um funcionário chamado de Ricardo Hernane, que era um sujeito picaresco, indolente, relaxado e displicente no trabalho. Fazia movimentos quase imperceptíveis, como numa câmara lenta. Também era indisciplinado.Tanto faltava quanto chegava atrasado, mas, se falássemos em comida, ele se tornava  em outra pessoa: ficava célere, ativo, pantagruélico e  taquifágico. Então, os colegas de trabalho viviam me pedindo para eu fazer um cordel baseado na vida dele. Conforme suas atitudes, eu ia fazendo as estrofes e, pouco a pouco, terminei o cordel, intitulado de “Funcionário nem um pouco padrão”. Todos gostaram. Fiquei receoso em mostrar para ele, porém, para minha surpresa, depois de eu recitá-lo, disse: “Muito obrigado pela homenagem!”
            Tempos depois, eu mostrei o cordel para meu amigo José Vieira, um cordelista excepcional, que também conhecia o tal sujeito e me disse que ia defendê-lo. Mais tarde, trouxe-me um cordel denominado de “Eu sou muito é eficiente”. Certa vez, diante da turma reunida, recitamos juntos nossos cordéis, como num desafio, onde um atacava e ou outro defendia. Ficou muito divertido.



 Bento Sales:
Quando vai atrás de um emprego,
Diz que a conversa é séria, 
Que está precisando muito,
Pois vive numa miséria,
Mas quando inicia o trabalho,
Vê-se que isso era pilhéria.

José Vieira:
Quando eu vim pedir emprego,
Realmente eu falei sério:
Falei das minhas necessidades,
Não criei nenhum mistério,
Declarei minhas qualidades
E relatei os meus critérios.

Bento Sales:
Antes do primeiro mês,
Já começa a se atrasar,
Dando mil e uma desculpas
P’ra também poder faltar
E logo após dá início
A sua família matar.

José Vieira:
Eu sempre fui pontual:
Cheguei sempre na hora exata,
Pois precisava mostrar
Minha conduta pacata,
Já que a fase de experiência
Sempre é muito burocrata.

Bento Sales:
Ao fazer o seu trabalho,
Sem ânimo, tudo estraga;
Revela-se um indolente,
Um desleixado e uma praga,
Porém, na hora de comer,
É realmente uma draga.

José Vieira:
Trabalho de sol a sol
E nunca estraguei nada
Nem menti sobre a família,
Pois pra mim ela é sagrada;
Sobre minha nutrição
É tão pouca, é limitada.

Bento Sales:
Ainda acha que ganha pouco.
Seu serviço é horrendo,
E se mandar fazer algo,
Vai fazer quase morrendo, 
Mas para receber seu
Pagamento,vai correndo.

José Vieira:
Confesso que o meu salário
Não me deixa satisfeito,
Mas eu sei que o patrão
Me paga sempre direito.
Eu sou muito agradecido
Por tudo que me tem feito.

Bento Sales:
Aparenta que comer
É o seu melhor ofício,
Tudo que vai fazer não
Faz certo, acha difícil,
Mas quando ele vai comer,
Acha um ótimo exercício.

José Vieira:
Seu Bento vive dizendo
Que sou muito comedor,
Pois eu preciso comer
Porque sou muito trabalhador,
Pois aprendi a comer
Com o Pompeu e com o senhor.

Bento Sales:
Nunca aprende a trabalhar,
Não se esforça, não se antena;
O patrão percebe que
Sua produção é pequena,
Mas, na refeição, devora
Uma galinha sem pena.

José Vieira:
As aparências enganam.
Eu já sei tudo fazer,
Pois aprendi com o José
Minha função exercer
E na hora da merenda,
Bento, como menos que você.

Bento Sales:
Sempre produzindo pouco,
Dar para medir em régua,
Sua preguiça é enorme,
Portanto não lhe dá trégua,
Todavia para ir comer,
É igual ao papa-légua.

José Vieira:
Minha produção é ótima!
Já ouvi o seu Messias
Dizendo que sou esperto,
Que trabalho com alegria,
Pois já cheguei a fazer
20 consertos por dia.

Bento Sales:
É sempre todo enrolado,
Muito mais que um anzol;
Faz tudo devagarzinho,
Parecendo um caracol,
Porém na hora de almoçar,
Mais parece uma patrol.

José Vieira:
Meu patrão, você me desculpe!
Mas não sou nada enrolado.
Eu sou muito eficiente,
Trabalho sempre esforçado;
Na hora das refeições,
Eu saio sempre atrasado.

Bento Sales:
Todas as pessoas precisam
Se alimentar para viver,
Mas, esse tipo de gente,
Que não dá para entender,
Se tem a impressão de que
Só vive para comer.

José Vieira:
Sou um bom trabalhador,
Humilde, simples e sincero;
Faço muito, ganho pouco,
Mas nunca me desespero,
Pois eu estou com o Presidente
No famoso Fome Zero.

Bento Sales:
Durante o trabalho, faz
Intervalo a todo instante,
E aproveitando o embalo,
Porque a fome é constante,
Faz uma boquinha como
Um cavalo ou um elefante.

José Vieira:
Quando fui contratado,
Eu provei o meu valor,
Eu ouvi do seu Pompeu
Que eu era trabalhador,
Depois eu vi que o José
Com o Messias concordou.

Bento Sales:
Para ser logo admitido,
Gaba-se nesse momento
Dizendo que é dotado
De um excelente talento,
Mas logo se observa que
O seu trabalho está lento.

José Vieira:
Sei que vocês não me acham
Um cara bem graduado,
Mas, pelo tempo de serviço,
De alguma forma me enquadro.
Eu sou muito eficiente,
Por isso muito obrigado!

Bento Sales:
O patrão, decepcionado,
Dispensa logo o empregado
Que ainda se acha injustiçado
Por ter sido dispensado,
Pois era muito esforçado
E também tão dedicado.

José Vieira:
Seu Bento, muito obrigado
Por você ter me criticado!
Este, que é bom empregado,
Que passa o dia ao seu lado,
Com os dedos calejados,
Mas sempre bem humorado.

Bento Sales e
José Vieira.


51 comentários:

  1. Tem razão, Bento, o cordel ficou muito divertido. Mas bem melhor, imagino, seria ouvi-lo ao vivo, com um ambiente muito próprio.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Nossa que show.
    Adoro desafios.
    Tinha 2 conhecidos que mal se encontravam já começavam fazer no improviso.
    Um deles era mineiro e outro um cearense.
    Na minha opinião eram melhores que muitos famosos por ai.
    O seu e de seu amigo está ótimo também.
    Como sempre parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Bento Sales e José Vieira em prosa e verso de um cordel abordam sutilmente fatos que evidenciam razões de reuniões e decisões em RH de muitas empresas! ..."o bom empregado agradece, quando analisado assim com "humor""!
    Taciane distribuiu cabelinhos "azuis e verdes" nos cordelistas! Sensacional! Duplo parabéns ao pai e à filha! Li e mentalmente inspirei-me ao som de uma viola... Abraços, Célia.

    ResponderExcluir
  4. amigo bento,
    é justamente nas trivialidades do quotidiano que o cordel resplandece. imagino-vos a ambos (tu e o zé vieira), numa festa popular, algures numa aldeia portuguesa, a "cantarem ao desafio", esgrimindo argumentos, verdades e meias-mentiras, dessas que aquecem os risos e acendem a alma. muito bom! julgo que o zé vieira fez o que pôde em defesa do arguido, mas aqui para nós, a acusação levou a melhor :)

    um abraço para os três: para ti, o vieira e o inspirador ricardo.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, mas ficou muito bom isso aí!
    E pior eu imaginei o cordel em ritmo de "embolada" kkkkkkkkkkkkkkk'
    Parabéns, isso é para pouco!!

    Abraços e ótimo domingo, meu querido!! *-*

    ResponderExcluir
  6. Amigo Bento.

    Cordel alegre e inteligente.
    Do Bento e do Vieira.
    Se olharmos bem, no mundo tudo é belo e sábio.
    Tudo flui dos contrários que no fim engrandecem a mesma estrada.
    O desenho da Taciane também ilustra as diferenças.
    Onde há luz do sol também há sombra.
    O Cordel me suscita a lembrar do formoso caracol e a formosa preguiça que anda lentamente escondida nas árvores.
    E o trabalhador lento da história do Cordel?
    Bom... Sem ele, minimamente, não haveria esta história para nos alegrar neste domingo e a tantos outros leitores, em tantos outros dias, nas letras dos brilhantes amigos cordelistas, Bento Sales e José Vieira.

    abs

    ResponderExcluir
  7. cara, vou dizer que nem o Ricardo se defenderia tão bem quanto o José o fez. Hahahá.

    Muito louco esse cordel. Sério, já fui colega de alguns malandro que se encaixariam perfeitamente nessa estrofe:

    É sempre todo enrolado,
    Muito mais que um anzol;
    Faz tudo devagarzinho,
    Parecendo um caracol,
    Porém na hora de almoçar,
    Mais parece uma patrol.

    Eu fiquei imaginando vocês recitando e o pessoal tudo de boca aberta escutando.

    Foda demais!

    Abss.

    ResponderExcluir
  8. Bentão meu amigo! Parabens!
    Quanto dominio literário e poético heim?
    Vocês tem muita habilidade com as palavras e esse desafio ficou maravilhoso. Assim como o Jim falou... Imagino as pessoas vendo vocês dois recitando o desafio... Legal demais!

    ResponderExcluir
  9. Olá estimado amigo Bento,

    Aceitaste o desafio, mas... não o o meu desafio.
    Fico aguardando.
    Adorei ler esse Despique, essa Desgarrada entre dois homens, como é natural, nessa forma de Literatura.
    Todavia esses dois homens têm cultura académica muito superor, e sabem interpretar os sentimentos populares.

    Tu "atacas" muito bem José Vieira, mas olha, que ele não "teve papas na língua", não. Aliás, quem é o "vilão" até parece, que está falando, sempre, a verdade. Excelentes cordelistas vocês são!
    Imagino os dois, cantando ou falando esse despique, mas com música e na presença de gente simples. Era show.

    Boa semana, com "pouco" trabalho, preferencialmente.

    Abraços de estima e luz.

    ResponderExcluir
  10. Aplausosssss aos dois. Adorei ler o desafio na forma de cordel, ficou excelente, me diverti muito.
    Bom começar a semana lendo algo tão bem escrito e ainda por cima, bem humorado.
    Uma gracinha o desenho da Taciane, lindo.
    Beijos e feliz semana Bento,
    Valéria

    ResponderExcluir
  11. Faz muito tempo que não lia um desafio
    tão bem bolado.
    Bem feito e divertido.
    Uma linda semana beijos.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  12. Folhas de Outono adora visitar Folhas Soltas !
    Nem dar prá ver esses dois cordelistas sem uma viola,pois ai é onde está a diferença...fico só imaginando o desafio...
    E a Tacy não perde de desenvolver seus lindos desenhos
    bjs meu querido!

    ResponderExcluir
  13. Fala mano Bento,

    Rapaz, e agora? Eu tava acreditando que o sujeito era mesmo um fanfarrão, mas agora não sei não (rs).

    Parece a batalha dos advogados de acusação e defesa num tribunal, e felizmente não sou eu o juiz a dar a sentença (rs).

    Grande abraço meu amigo e parabéns pelo grande talento.

    ResponderExcluir
  14. Olá vim conhecer seu Blog,e gostei
    tem muitas coisas lindas por aqui
    Desejo toda sorte,e que tudo seja
    um sonho realizado
    E quanto tempo que não lia uma obra assim
    ficou maravilhoso parabéns!
    Abraços com carinho Rita!!

    Venha me visitar
    http://cantinhovirtualdarita.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Bentinho, caro amigo, tudo bem?
    Nossa! Lembrou-me a Trova gauchesca onde existe o desafio de pontos de vista, no caso com rima, estrofes definidas, enfim, toda uma técnica.
    Incrível a sabedoria popular e a literatura que nasce de um fato do dia-a-dia, muito interessante isso.
    Parabéns para ti e teu "desafiante" se assim posso dizer, além daquele que os inspirou rsrs

    Abraços e ótima semana!

    ResponderExcluir
  16. Bento, sensacional! Olha, é preciso ter talento para tal, viu. Admirável! Cada vez mais me surpreendo com as postagens do amigo, o que é uma agradável surpresa, por sinal. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  17. Bento eu ri demais com o seu desafio, saiu até lágrima nos olhos....kkkkkkkkk Falado então, acho que eu ia passar mal de rir...kkkkkkkkkkk
    Adorei!!

    Parabéns!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Bento meu amigo,

    Muito bom esse desafio, me diverti lendo. Quanto talento você posui amigo. Maravilhoso! Esta faltando só mesmo a viola. Sua filhota evolui a cada dia mais nos desenhos, menina de futuro.
    Abraço meu amigo!

    ResponderExcluir
  19. Bento, ler aqui já me fez rir muito. Ficou excelente essa integração. Imagino como deve ter sido divertida sua divulgação entre os colegas de trabalho. São momentos inesquecíveis. Você, um craque no gênero.
    Bjs para meu querido amigo e para sua filhota desenhista.

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde Bento!
    Ficou muito legal e divertido o seu cordel!
    Muito bom desafio!
    Tenha uma excelente tarde!
    Maria Alice

    ResponderExcluir
  21. Bento meu amigo..

    Maravilhoso cordel..

    Li sorrindo....amei!!

    Um beijo... e um beijo na artista!!

    ResponderExcluir
  22. Bentinho,
    vim agradecer ao teu comentário, sempre tão atencioso e inteligente!
    Comecei a responder por lá, mas acabei sem tempo e decidi vir direto na fonte rsrs

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
  23. Querido Amigo Bento,
    Estou me especializando em cordeis..também cada vez que venho em teu blog, fico mais encantada e orgulhosa de meu amigo...Um grande abraço e beijo na Taci a grande artista do Cordel.

    ResponderExcluir
  24. Olá Bento, boa tarde!

    Passar aqui pra agradecer é um previlégio, receber de você elogios pelos meus modestos textos, é mais do que gratificante, é combustível para eu continuar a cada dia mais. Tentar o melhor sempre é possível, e a escrita tem essa magia, faz a gente refletir, conhecer pessoas, fazer grandes amizades, aí a gente vai acertando e construindo quem somos né.
    Você e a Cissa, sempre me incentivam muito. Só tenho que agradecer a vocês dois, que são mestre no que faz.
    Obrigada sempre e sempre.
    Você é um grande amigo!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  25. Amigo Bento

    Você fazendo dupla com o seu amigo ficou demais. Nota 10. Eu ri muito pelos talentos de ambos.Lembrei-me de uma vez que passava pelo centro da cidade e me juntei á roda
    de muitos curiosos que assistiam dois cordelistas,aliás já te contei numa sua postagem anterior.
    Obrigada pela visita e o seu compartilhamento que só me enriquece. Dia a dia estou aprendendo com você.
    Os seus haikais tão especiais que me enviastes logo serão
    revelados.
    Um beijo a Taciane que sempre encanta com o seu desenho

    Um lindo final de semana
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  26. Bento,adorei a ideia!

    Um cordel encantador!
    Ficou perfeito,ainda mais em dupla
    com Jesé Vieira.
    Adorei ler o cordel, de fato e um sucesso!
    Lindo, vc estar de parabéns!
    Beijo na Taciane.
    Bom final de semana, fique com Deus!
    Abraço.
    Luci Sales...

    ResponderExcluir
  27. hahahah... adorei os cordéis, Bento! Sempre achei que é uma forma de escrita maravilhosa. PArte rica de nossa cultura popular. O melhor de tudo foi ver dois lados de uma mesma moeda. rsrsrsrs Nada como o a vista a partir de dois pontos diferentes, né!? Excelente!

    Abração JoicySorciere => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  28. Olá Bento,

    Que dupla, hein?
    Acusação e defesa saíram-se muito bem.
    Muito divertido! Ambos com muito talento.
    Parabéns a você e ao seu amigo. Excelente!
    O desenho da filhota está uma graça.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  29. Boa tarde,
    Sim! Se quer que lhe diga, adorei ler uma coisa assim! O cordel que le fez le-lo vigorosamente!
    Irei te seguindo, ansiando tua visita em meu blog.
    Pensando com Arte.

    ResponderExcluir
  30. Muito bom.
    Super divertido, mas assistir a este desafio deve ser o melhor.

    Parabéns!

    Abraço

    Taci... um beijão

    ResponderExcluir
  31. Oi Bento,

    muito legal! Um jeito divertido e ritmado de contar a história do seu amigo.
    Fazer isso não deve ser fácil! Tem que ter talento!

    parabéns a você a ao José Vieira

    ResponderExcluir
  32. Muito legal a brincadeira com cordeis. Cordelistas sempre são criativos, não há o que comentar. Muito bom mesmo.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  33. Olá estimado amigo Bento,

    Como estás? E Taci?
    Passei para te dar os parabéns. Hoje, se comemora, em Portugal, o Dia do Pai.
    E tu és pai há seis anos e um excelente pai, se diga, em abono da verdade.

    PARABÉNS!

    Como estás de PC?
    Abraço de muto carinho e luz.

    ResponderExcluir
  34. Excelente, Bento.
    E depois você ainda diz que o talentoso sou eu.
    Bom humor, rapidez de raciocínio, improvisação, domínio da língua, só para citar algumas qualidades necessárias a esse duelo verbal.
    Não é para qualquer um não, meu caro.
    Abraço e boa semana pra ti, Bento.

    ResponderExcluir
  35. Meu querido amigo !
    Hoje venho vestida de blogueira para pedir e desejar felicidade prá vc,prá mim,prá nossos amigos que fazem esse mundo acontecer,virar,mexer,remexer o mundo do bloguista...
    FELIZ DIA DO BLOGUEIRO !!!!!!

    ResponderExcluir
  36. Bentinho,
    muito obrigada pelo último e o primeiro comentário!
    Palavras sempre muito aguardadas, com certeza.

    Ótimos dias, grande abraço!

    ResponderExcluir
  37. Cara, bem engraçado eu achei.
    Você, esse José, E esse Ricardo (meu xará) são otimos.
    Até logo. "_"

    ResponderExcluir
  38. Oi Bento meu amigo.
    Tem postagem nova.

    Que o outono que se inicia lhe traga muitas alegrias.
    Ótima semana pra ti!
    Beijos grandes!

    ResponderExcluir
  39. Parabéns pelo blog; já o sigo. Convido-lhe visitar e seguir o meu.
    http://vendedordeilusao.blogspot.com

    ResponderExcluir
  40. Ficou ótima a parceria!!
    Fiquei pensando que se o seu colega de trabalho, fosse um funcionário padrão, não renderia tanto conversê ;) observações e adjetivos! Aliás, alguns tive que procurar no dicionário! (rs*)
    Bom fim de semana!! Beijus,

    ResponderExcluir
  41. Bentinho,
    novamente te agradecendo pelo primeiro comentário da madrugada e a atenção dispensada ao meu texto, e a presença no site do amigo Paulo Cheng, muito obrigada.
    Ótimo fim de semana para ti e família!

    ResponderExcluir
  42. Retribuindo a visita meu caro amigo, que belo cordel, trazendo a dia-a-dia bem humorado, sem precisar criar dramas exagerados como na literatura ou no cinema, por serem incapazes de se contentar com a própria realidade.

    Abraço

    ResponderExcluir
  43. Boa conversa, meu caro amigo! Sigo-te doravante!

    ResponderExcluir
  44. Bom dia, Bento. Super interessante, sensacional, eu ADOREI!!!!!!!!!!!!!!
    Parabéns para você, o Vieira e o Ricardo, fonte inspiradora.
    O cordel ficou tão divertido, que não tinha como não imaginar vocês ao vivo!
    Criativo, inteligente e muito bem humorado! Vocês são muito talentosos!
    Um beijo na alma, e fique na paz!

    ResponderExcluir
  45. kkkk bom para trabalhooo

    ResponderExcluir
  46. Vai me ajudar no meu trabalho

    ResponderExcluir
  47. oi poeta passei por aqui e adorei o desafio bju

    ResponderExcluir