Total de visualizações de página

sábado, 18 de junho de 2011

SONETO DO ENCANTAMENTO

Desenho de Taciane, minha filha de cinco anos.

Eu me intitulo romântico, porém tenho publicado pouco texto deste gênero. 
Em razão disso, resolvi postar esse poema (soneto) que considero de um romantismo extremo.

Ó, minha Iara, não resisto seu encanto!
Divago por um ermo taciturno
Guiado por um sentimento soturno
E uma desilusão elegíaca e um pranto.

Ao te ver, sinto-me feliz, portanto;
Vejo a Lua a alumiar o meu Céu noturno,
O Éden e o horizonte assim diuturnos
Que me imbui de verve, alento e canto.

Vivo em virtude de ter esperança
De um dia sentir sua voluptuosidade
Que almejei nesta triste intemperança.

E assim, realizarei esse amor platônico
Que me deixa sem o senso e a liberdade
De sentir outro amor também atônito.


20 comentários:

  1. Bento meu amigo, este teu poema é lindo.
    É bem revelador da tua sensibilidade.

    Abraços meu querido e tenha um ótimo final de semana!!

    ResponderExcluir
  2. Olá Bento!

    Linda a poesia.
    E acho admirável os desenhos de sua
    filha Taciane sempre presente em seu blog.
    Acredito que essa atenção que você deposita
    nos desenhos dela hoje, irão torná-la uma artista/desenhista espetacular no futuro, e ela será muito grata a você!
    Parabéns!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  3. Lindo poema... romance, amor, desejo. Tudo junto, pronto para ser vivido.

    É o primeiro texto romântico que leio, mas sempre senti uma certa sensibilidade em voce, pelos comentários em meus post, que são sempre o amor.
    Engraçado que eu sempre fui prática, direta, e de repente..rs

    Taci, Taci.... sempre brilhando!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  4. Bela poesia professor. Gosto deste estilo de falar da alma, as vezes as pessoas me perguntam se eu sou pessimista, ou asveses dizem: você é muito realista; mas sorrindo eu sempre estou e amo falar das coisas que concluo, a melancolia a tristeza, os problemas e conflitos humanos, para mim não sao motivos de chorro, embora eu seja emotiva, mas não deixo de ser analista nem por isso, há alguns que ainda se arriscam, você é triste infeliz,? pois escreve assim. Minha nossa, a alma humana me fascina, eu só crio depois que analiso. É muito bom analisar a vida, comportamentos sentimentos, sei que nunca terminarei, mas para mim é muito bom. e gosto do genero. Ah quero agradecer pela ajuda. E já decidi, quando eu tiver tempo vou criar uma página só de mimos assim, por enquanto vou fazendo como está é mais facil pra mim, manter um blog e dificil quando o tempo nao ajuda muito, ando um pouco atarefada com uns prazos a cumprir e férias chegando, tenho que prepara pra viagem, e você sabe como é. mais uma vez agradecida professor Bento!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  5. Bento, que delícia de poema!
    O amor em suas mais diversas formas, sensibilidade, desejo, ousadia, pranto.
    Muito bom.
    E a Taci vai ser uma graaaande artista! Acredite!
    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Bento, esse poema está emocionante e o desenho da Taci ficou ótimo.

    Miriam Parente!

    ResponderExcluir
  7. E você esta certinho professor é isto mesmo. Já vou indo. passei o dia so lendo email, minha nossa, tenho que dar resposta coletiva pra não magoar ninguem.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  8. Que bom vir aqui e contemplar suas belas postagens...
    Tenha uma linda noite, e uma ótima semana...
    Um abraço bem forte...bjus

    ResponderExcluir
  9. Oi Bento!
    Lindo esse seu encantamento de escrever poema,
    de uma forma muito sensual e pura.
    Adorei esse poema, é muito lindo.
    Beijo para Taci.
    Parabéns pelo o talento!
    Beijo no seu coraçâo.
    Luci sales..

    ResponderExcluir
  10. Bento, por que não tenta a carreira de escritor?
    Seu poema está muito bom!

    Alô, meu amigo!

    Edilson de Santarém.

    ResponderExcluir
  11. Meu amigo Edilson, obrigado pela participação!
    Acho que se eu for viver do que escrevo, vou passar fome (rs).

    Abraços!

    ResponderExcluir
  12. Bento, gostei do poema, acho que você não aprendeu a fazer poema, você tem o dom de fazer frases que curtas que dizem muito mas que o texto inteiro, lembranças pra Taci e pra Dona Mirian Ass: Wanderley melo

    ResponderExcluir
  13. Lindo poema Bento, ainda não tinha privilegiado esse seu lado romântico.

    Me identifiquei com seu soneto

    "Vivo em virtude de ter esperança
    De um dia sentir sua voluptuosidade
    Que almejei nesta triste intemperança."

    Vivo entre pontes que criei e sonhos que cultivo.

    Bento arquiteto das palavras, rs
    Para mim é uma honra vir aqui sempre que posso e compartilhar das tuas ideias.
    Não vim antes porque em minhas atualizações não apareceu do Literatura.

    Beijo na Taciane e bom dia meu amigo pra ti e tua família!

    ResponderExcluir
  14. Professor Bento estou na dúvida se já vim lhe agradecer pelas palavras,mas pelo sim, pelo não, quero agradecer, pois hoje o dia foi de agradecimentos tantos, em tantas páginas e emails, que posso ter feito confusão rsrs. Quero agradecer a você pelas tuas palavras mais uma vez.Muito obrigada sempre.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  15. Olá Bento!

    Obrigado pelas visitas lá no
    ''Poetas Insanos''.
    É sempre gratificante receber sua
    visita e ter como presente sua opinião.
    Estou aguardando um novo texto seu.

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  16. Muito grata pela avaliação do meu poema, lá no meu espaço.
    Entendo pouco da técnica mas seu soneto é muito bom, lindo mesmo e com o rebuscado do romantismo, em rimas ABBA CDC, muito bonito.

    ResponderExcluir
  17. Tem selinho pra vc no meu Blog (:

    Beijoos!!

    http://momentosdapathy.blogspot.com/2011/06/200-seguidores.html

    ResponderExcluir
  18. Olá Bento, venho aqui pra te dizer que estou mudando de endereço,a partir de hoje estou no http://thieresduarte.wordpress.com/ , achei o worpress melhor na aparencia, estou aprendendo a mexer ainda, mas já estou por lá! também acho o wordpress mais facil para passar pra um dominio .com.br, abraços e se puder me dê a honra de uma visita no novo blog.

    http://thieresduarte.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  19. Bem vindo ao meu blog!!
    Lindo soneto Bento!
    ;D
    Carla

    ResponderExcluir