Total de visualizações de página

sábado, 22 de setembro de 2012

Insone

Desenho de Taciane, minha filha com sete anos.

Enquanto todos adormecem, eu me desperto;
Enquanto todos louvam Morfeu, eu venero Hélios;
Enquanto todos querem a noite, eu almejo o dia;
Enquanto todos não querem que a noite termine,
Eu quero que o dia chegue.
Enquanto todos estão ativos, eu estou soporativo;
Enquanto todos se levantam, eu quero me deitar;
Enquanto todos preferem treva, eu, luz;
Enquanto todos saúdam boa-noite, eu, bom-dia;
Para todos existem dia e noite, para mim, só dia;
Enquanto todos se queixam de noite mal dormida,
Eu, de noite insone;
Alguns reclamam de dormir no ponto,
Eu não durmo em nenhum ponto;
Enquanto muitos não dormem por estarem preocupados,
Eu só me preocupo em dormir;
Enquanto muitos vivem dormindo, eu vivo acordado.
Enquanto para a maioria o Sol nasce todo dia,
Para mim nunca se põe.
Enquanto muitos tomam estimulantes,
Eu tomo psicotrópicos.


Esse poema é uma reedição.

Estou também no blog do meu amigo J.R. Viviani, Vendedor de Ilusão, com um poema publicado, participando da publicação 1º Prosas Poéticas. Link http://vendedordeilusao.blogspot.com.br/2012/09/prosas-poeticas-no-4-dia-apresenta.html

33 comentários:

  1. Oi Bento,

    Tudo bem? Lidar com a insônia não é tão fácil, mesmo com psicotrópicos. Aprendi a lidar com ela ao conceder muito trabalho para o meu corpo, digo em todos os sentidos, laboral, físico e mental.

    Por outro lado, como escreveu Graciliano Ramos,nascido em Quebrangulo, interior de Alagoas, a insônia, na verdade, torna-se uma metáfora para abrir os olhos.

    Bom domingo!

    ResponderExcluir
  2. Bento, só pelo horário que estou comentando teu post já me confere a condição de insone profissional. Desisti dessa luta inglória, quando o sono vem, se posso durmo, quando não tenho sono não insisto. O importante é sonhar, seja dormindo ou acordado. Bom domingo e um grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Insônia é fogo...Mas a tua, parece produtiva,rende bom texto! Lindo desenho novamente! abração,chica

    ResponderExcluir
  4. http://www.youtube.com/watch?v=VNwC3C_vu_E

    ResponderExcluir
  5. A safadinha da corujinha desenhada pela Taciane... parece sorrir com o problema da "insônia"... Às vezes também sou abrigo para a mesma... Uma inquilina difícil de ser despejada!
    [ ] Célia.

    ResponderExcluir
  6. Tem dias assim Bento!
    Que corujinha linda da Taciane...kk

    Beijos e boa semana!!

    ResponderExcluir
  7. Insone"...
    "e eu me identifiquei.
    Também não insisto em dormir, espero o dia! (às vezes preciso de (remédio psiu...
    Mas acontece q de manhã eu quero dormir, e não posso; é angustiante.
    Abraços.
    # boa semana pra ti e para todos; lindinho o desenho da tua filha.

    ResponderExcluir
  8. Caro Bento,
    o desenho da Taciane está divino!
    Quanto a insônia, se é produtiva, ou seja, a pessoa faz algo de produtivo no tempo em que estará acordado, menos mal, não é mesmo?
    Um tema muito oportuno, pois creio que muitas pessoas passam por isso atualmente.

    Grande abraço a ti e tua família!

    ResponderExcluir
  9. Olá, Bento.
    Pra minha sorte, nunca sofri de insônia.
    Acho que, como tudo na vida, é uma questão de adaptação e reeducação comportamental.
    Abraço, Bento.

    ResponderExcluir
  10. Olá prezado amigo, bom dia!
    Com prazer e muita satisfação venho lhe comunicar de que sua apresentação no Prosas Poéticas foi ao ar. Lá vai o link:

    http://vendedordeilusao.blogspot.com.br/2012/09/prosas-poeticas-no-4-dia-apresenta.html

    Espero que lhe seja do agrado.
    Um abraço e até mais!

    ResponderExcluir
  11. Bento Sales

    Enquanto, para mim o certo, certo para é: "Enquanto muitos vivem dormindo, eu vivo acordado." Por vezes sinto que dormir, não é viver.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  12. Interessantíssimo e muito criativo o teu poema! Você faz bela arte até da insônia.
    Uma gracinha o desenho da Taciane.
    Boa semana amigo, beijos,
    Valéria

    ResponderExcluir
  13. Olá poeta.
    É melhor dormir enquanto é novo, pois quando se envelhece como eu a cama é um martírio. Levanta, come, deita,levanta, bebe água, da fome. Isso é vida?
    Ainda bem que já dormir demais, nenhum despertador, por mais potente que fosse jamais me acordou. Para saber como tocava estridente, tive que fazê-lo despertar durante o dia.
    Agora que tenho tempo para dormir, não durmo. Não mereço. Então, leio, bebo água, como, etc...rsrs.
    Coloquei meu comentário lá no blog do Viviani.
    Parabéns poeta
    Lua Singular( Dorli )

    ResponderExcluir
  14. Temos tanta impaciência que
    tentamos dar uma mãozinha para Deus e neste momento
    acabamos é atrasando ainda mais.Deus tem o motivo
    certo na hora certa para cuidar de nós e nos entregar
    aquilo que necessitamos.
    Ele não nos da tudo que queremos mas sim tudo que
    necessitamos a cada dia.
    Viver cada dia é um desafio e tanto para nós que estamos
    sempre querendo tudo tão depressa,
    mas quando aceitamos a situação
    começamos a prender mais sobre os mistérios de Deus.
    Eu não sei quanto tempo vou aguentar fazer minhas visitas mesmo
    levando cola infelizmente muitas pessoas deixaram
    de me visitar por esse motivo mesmo sabendo do
    difícil momento ,que estou passando.
    Para complicar minha situação
    minhas vistas estão me deixando
    meia maluca de tanta dor.
    Meu médico já trocou inumeros colirios,
    mais glaucoma é realmente difícil
    acertar a medicação quando pressão
    dos olhos sobe muito a dor é intensa.
    Por favor procure me enteder nada esta sendo facil para mim,
    principalmente ter ,que levar a publico minha
    vida particular.
    DE madrugada quando o sono se vai estou escrevendo
    meu segundo livro no ano que vem se Deus quiser
    será publicado.
    O livro A Viagem não pretendo
    fazer mais fiz o bastante para não ter segunda edição.
    Eu pretendo sim fazer alguns exemplares em Espanhol.
    Sua amizade é muito importante ficarei feliz
    em poder continuar recebendo seu carinho.
    Fique com Deus e tenha uma semana abençoada!
    Beijos na sua alma,Evanir.
    Perdão Pelo Longo Comentário.

    ResponderExcluir
  15. Bento, saudações amigo. Penso que o poema, lindo por sinal, tem muito mais a dizer que do que se percebe. A insonia é apenas nesse texto a ilustração do tanto que esse poema diz. É só perceberem um pouco mais atento e entenderão o que na verdade o autor quer dizer, penso eu. Ainda que não possa ter tido a intenção de dizer nada mais além, inconscientemente disse muito mais nesse poema.

    ResponderExcluir
  16. Dormir. Eis a vida tão bela pra ser entendida, quisera todos os dias não dormir, pois assim se ganharia mais tempo para analisar a beleza do mundo. Porem a insonia só compete aos dias de falta de entendimento, e quando se entende o que havia em escuro, eis que surge a noite para deormir. =E quando a alma se torna leve, e o sono chega de forma natural. Reflexivo texto prof. Gostei.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  17. ✫. `⋎´ ✫❤✫..
    Boa tarde!!

    Enquanto todos atualizam seus Blogs
    eu repondo as mensagens
    Meu querido amigo que bonito ver como
    seu post é bonito ameiiii
    Abraços com carinho
    Rita!!!
    ✫. `⋎´ ✫❤✫..

    ResponderExcluir
  18. OI BENTO!
    HOJE, TAMBÉM ESTOU NO VIVIANI, APARECE LÁ.
    EM TEU TEXTO HÁ UMA HISTÓRIA DE VIDA CALCADA SÓ NOS CONTRAPONTOS...
    BONITO, NOS FAZ PENSAR.
    ABRÇS


    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  19. Boa tarde, Bento. Interessante o teu poema. Gostei muito.
    Eu sou mais amiga de Morfeu, ainda bem!
    Não sei o que faria nas noites insones, salvo se fosse por um excelente motivo.
    A insônia serve-nos de inspiração para grandes criações.
    Serve para refletirmos na vida um pouco mais, enquanto há o silêncio da noite!
    De qualquer modo, prefiro que ela não tome conta de mim.
    Saudades.
    Beijos na alma e parabéns!

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde, Bento. Obrigada pelo seu comentário no meu blog.
    Gostaria muito do seu comentário em "BAIRROS DESERTOS", poema anterior ao que está em evidência. Obrigada.
    Beijos na alma e tenha um lindo fim de semana!
    Paz!

    ResponderExcluir
  21. Bom dia de domingo amigo querido !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Não conheço a insônia,por nunca gostar de dormir,amo viver acordada,dia e noite ...
    lindo o desenho da Tacy...
    bjs de dia de domingo .
    Meu querido!
    Estive no blog do amigo e comentei seu poema,está muito lindo sua forma de poetar,deixei confetes por lá...
    bjs de dia de domingo !

    ResponderExcluir
  22. Boa tarde!! E uma continuação de bom domingo!!
    Não conhecia isto, mas gostei...gostei...gostei do facto contraditorio de quem o escreve, enquanto ele gosta de flores eu gosto do cheiro dessas flores!!

    Pensando com Arte,
    bllmaescritadeumcoracaoviajante.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  23. Oi Bento!
    Hoje tem minha poesia no Viviani
    Beijos
    Dorli

    ResponderExcluir
  24. É assim a minha poesia.
    Ela sugere emoções
    através de imagens,
    palavras, sons, e ritmos.
    Trazendo mais beleza
    e um verdadeiro
    significado a vida...


    Poeta Francis Perot

    ResponderExcluir
  25. Olá, querido amigo! Adorei essa postagem. Fez com que eu me lembrasse da fala da queridíssima Ruth Rocha: O que seria do azul, se todos gostassem ndo amarelo!

    Sendo assim, muitos gostam da noite... outros tantos, preferem o dia!

    Mas, eu sei, eu sei que a questão de trocar a noite pelo dia na maioria das vezes vai muito além de gostarmos ou não... muito além de uma opção! Por vezes foge do nosso controle! O.o ... ai a tal insônia!!!

    Agora, confesso para vc que a noite me seduz. Há algum tempo eu até comentei no facebook que dormir não deveria ser uma necessidade, mas sim algo opcional. Perdemos tanto tempo adormecidos.

    Abração

    JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderExcluir
  26. Caramba, que texto legal! Gostei especialmente por dizer que o sol não se põe *-* Precisa ser assim mesmo. E insônia é muito mais encantadora em poesia. Eu tenho insônia D:
    Você já publicou o texto que você disse pra mim lá no blog, o que fala que greve faz parte da grade curricular? :p Eu quero ver.
    Até mais! :)

    ResponderExcluir
  27. Oi Bento:
    Obrigada pelo comentário na minha poesia no blog do Viviani. Agora com mais tempo vou voltar à rotina de ler os blogs amigos.
    Um beijo para toda família
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  28. Olá estimado amigo Bento,

    Que dicotomia e que antítese(s)!
    Onde arranjaste, mentalmente, tantas?
    O que escreveste é fora do comum, invulgar, diria mesmo.

    PARECES O CONTRÁRIO DOS CONTRÁRIOS, PARECES, disse eu.

    Pareces, porque acho que não és nada assim. Embora nos fartemos da rotina e do quotidiano, raramente conseguimos ser e fazer, como em teu poema.

    A imaginação não tem fronteiras e de vez em quando apetece "transbordar".
    Parabéns pela forma, como escreves.

    Obrigada, reconhecidamente, pelo comentário elogioso e terno, que deixaste, lá em meu blog.
    AS saudades eram recíprocas.

    Boa semana, em harmonia.
    Beijos da Luz, Portuguuesa

    ResponderExcluir
  29. Como ja comentei sobe o texto, gostaria de saber uma coisa. É professor?? É que estes desenhos lembrar a minha infancia e todo o mundo a minha volta, eu sou louca por artes, a minha vida é isso, e desde bebe que desenho, desde sempre...deve ter sido a primeira coisa que fiz..e para mim recordar os tempos de criança é viver*

    Pensando com Arte,
    http://bllmaescritadeumcoracaoviajante.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  30. Olá Bento, meu caro amigo, bom dia!
    Hoje, já com saudade, publiquei o encerramento do Prosas Poéticas registrando, de público, a minha opinião e meu agradecimento a todos os participantes do evento. Se puderes, dê uma olhada.
    Todavia, já que estou por aqui, queria aceitar meu agradecimento por sua participação, que, além de dignificante e honrosa, foi brilhante. Saibas também de que não foi só lisonja que a mim causaste, – foi muito além; senti júbilo por ter tido a felicidade e a oportunidade de divulgar sua admirável criação...
    Abraço e até mais!

    ResponderExcluir
  31. E assim caminhamos nós, com as diferenças imperceptíveis, na maioria das vezes. Nós as conhecemos , mas você as descreveu com maestria. Seja noite ou dia, alguém está brincando ou brigando com o sono. Grande abraço!

    ResponderExcluir
  32. Fui ler seu poema encantador. Parabéns pela forma como usa as palavras e os sentimentos em seus versos. Bjs.

    ResponderExcluir
  33. Nossa, amigo Bento

    Que lindo.
    Enquanto alguns reclamam de dormir no ponto.Sei que sou eu que devo te dizer que dormi no ponto. Estou meio ausente do PC, mas não esqueço dos amigos.O que importa é o que você disse: Mas, o sol nunca se põe. Levo como lema.
    Obrigada pelas palavras no meu blog.Retirei a ilustração inicial para postá-la numa oportuna página. Um beijo á pequenina Taciane. A corujinha, no desenho do quarto ficou um mimo.
    Vou lá ver o seu trabalho.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir