Total de visualizações de página

domingo, 7 de agosto de 2011

Tributo a Phelipe Castanho - Caixa de Pandora

Homer Simpson





Dia 31 de julho, eu perdi um grande amigo e incentivador daqui do blog, Phelipe Castanho, do blog Caixa de Pandora. Ele era um grande poeta e divulgava sua poesia em outro blog chamado de Garbage Dump ambos desativados por seu desejo em vida. Toda vez que eu publicava, ficava imaginando a sua reação, pois sabia que comentaria e deixava sempre palavras amistosas. Fiquei tão desolado que pensei até em desistir do blog, mas repensei e vi que suas lembranças estão aqui. Vou deixar dois exemplos de seus comentários para o amigo leitor constatar o quanto éramos amigos. Coloquei a imagem do Homer Simpsom porque gostava dele. Eu tive um poema que ele analisou e interpretou, clique aqui  (HERMÉTICO).

 Diante disso, fiz um poema (soneto) para fazer uma modesta homenagem a ele.
Caixa disse...
Bento estou sem palavras.
Sua maior virtude é a modéstia.
Porque faz tudo de forma perfeita mesmo.
Contos, haicais, poemas, e até musicas.
Que grande talento.
Sinto até orgulho de ter um amigo assim tão completo na arte de escrever.
Aplausos a você mestre.

Caixa disse...
Eu que sou grato a você por toda atenção que tem para comigo e minha Caixa.
Sua amizade foi uma das melhores coisas que encontrei aqui neste meio.
Pode acreditar é sincera minha admiração por você.
  Súbita partida


Amigo, partiu sem nos avisar
Deixando boas lembranças para nós,
Agora estamos tristonhos e sós.
A saudade é grande e singular.

Tânatos, vil que vem sem anunciar,
Tira nossas vidas de guisa atroz,
Pois é inexorável e feroz
É quem um por um de nós vem buscar.

Sempre viverá em nossa memória;
Mesmo estando com o coração ferido,
Reviveremos sua vida, sua glória.

Só aceito essa súbita partida,
Apesar de não ter tudo cumprido,
Porque podemos nos ver noutra vida.


Bento Sales
Manaus, 06/08/2011.



53 comentários:

  1. Bento,
    nossa! Que horrível! Sei lá, estou sabendo disso agora. O Phelipe era meu seguidor e eu dele. Não nos frequentamos seguido, e me chamava a atenção que todas as vezes que ele comentava, geralmente era uma única frase que dizia tudo. A última vez que comentei na Caixa, nunca me esqueço, ele postou alguma coisa que era engraçada, mas aquele tipo de piada que não tem o que dizer, porque está tudo dito ali, e eu simplesmente comentei: "sem comentários". Agora sobre a morte dele, fico sem palavras, "sem comentários". Triste, meu amigo. Triste...
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Bentinho, voltei!
    Para te dizer que conheço tu e teu trabalho a, sei lá, nem 1 mês, mas que já são fundamentais, tua presença nos comentários e tua presença por meio do que fazes aqui tão bem, que, por um pedido meu, simples e direto, que jamais pense, sequer por milésimos de segundos em fechar teu blog tão cedo. Me ouviu?
    Tens amigos por aqui na blogosfera, no que eu me arrisco em dizer que já sou, e valorizo teu trabalho e teus comentários por lá, sinto reciprocidade, inteligência, sensibilidade que pouca gente tem, então..., por favor... segue por aqui! Isso me deixará imensamente feliz, e creio que ninguém, ninguém mesmo pensa o contrário. Entendeu?
    Sabemos da perda do Phelipe. Resta rezar e seguir nosso trabalho! Ele iria gostar, meu amigo!
    Abraços!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Linda homenagem Bento!
    Como sempre perfeito em tudo que faz.

    Meu alicerce se foi... =/
    sem ter o que comentar.

    Bom domingo pra ti e tua família!

    ResponderExcluir
  4. Olá Bento!

    Não cheguei a conhecer o Phelipe, mais já perdi amigos especiais uma vez. Por isso entendo teu momento de luto. Teu soneto em homenagem à ele, com certeza foi lido pelos anjos que agora o cercam.
    Eu sei o quanto isso é triste. Sei que às vezes, parece que palavra nenhuma pode nos confortar. Mais devemos sempre seguir em frente, pois nosso caminho é sempre traçado por Deus. Ele nos guia, nos protege, e sabe a hora certa de nos chamar para perto dele.

    Um abraço bem forte, amigo!
    E que a lembrança do Phelipe nunca se apague de seu coração!

    Canata

    ResponderExcluir
  5. Bento, eu nem sei o q dizer, estou sem palavras!
    Tudo relacionado ao Phelipe eu fico sem palavras!!

    Me desculpe meu amigo e Obrigada pelas palavras de Conforto.
    Abraços e tente ficar bem.

    ResponderExcluir
  6. Olá Bento, é de fato uma infelicidade para nós que somos meros mortais, e temos que lhe dar com a morte.
    Meus sentimentos!

    ResponderExcluir
  7. A vida nunca se cansa de provocar surpresas, mas agora a morte – sua irmã invejosa – veio nos pregar a mais dura de todas as provocações: o rapto sem resgates de um amigo querido, nos provando que somos virtuais até certa medida!!!

    Não sei mais o que dizer, Bento... Sinto muito!!!!

    ResponderExcluir
  8. Bento.
    Visitando o blog da Cissa Romeu li o pesar manifestado por ela no blog sobre a passagem do Phelipe, que não conheci em vida, mas passei a conhecer agora um pouco da história dele manifestada aqui no seu blog o que me faz sentir também atingido, em pesar, por essa partida.

    ResponderExcluir
  9. Bento.. a sua dor é a minha. Mesmo não conhecendo
    o Felipe. Pelas palavras carinhosas que vc transcreveu ai em cima,..imagino a pessoa que ele era.

    E sei a pessoa qu vc é.
    Carinhoso, franco, simples e amigo.
    Ele teria ficado triste se vc tivesse desistido de bloguear.
    Eu tb teria...

    Tem dia que acordamos tristes.. hj to meia assim..talvez fosse pressentimento...pq creio que tudo esta interligado., e se por acaso hj estou aqui, não é por mero acaso.

    Fique com Deus..

    Bj

    Ma

    ResponderExcluir
  10. Cheguei até aqui através do blog da Cissa.
    Não o conhecia, mas, um sentimento triste se apossou de mim de tal forma que não sei explicá-lo.
    Não o conhecia, mas agora sinto que o conheço. Estranha forma de sentir sobre o que não se tocou, ouviu, leu...

    Mas, que Deus o acolha em Seus braços...
    Beijos, belo trabalho esse seu!

    ResponderExcluir
  11. Na transitoriedade das existências buscamos compreender as acoes da Providencia Divina em nossas vidas.
    O nosso amigo apenas esta em outra dimensão realizando as mesmas coisas.

    ResponderExcluir
  12. Eu vim até aqui a esse blog por recomendação da minha queridíssima e tão prestimosa colega do mundo blog, Cissa Romeu, do blog, HUMOR EM CONTO. Que felicidade a minha esse contato que a Cissa me proporcionou ao indicar esse blog. Apesar da circunstância em que acontece essa descoberta. É justamente essa circunstância, embora muito triste e de grande lamento nesse momento, que percebo em tudo isso que existe pessoas com sentimentos de amor, respeito e admiração pelo outro. Aqui fica o meu mais profundo pesar pela ausência agora muito sentida desse já saudoso blogueiro, que mesmo sem ter mantido contato com o mesmo, percebo pela belíssima homenagem que acabei de ler, ter-se tratado de uma doce figura humana. Bento, as palavras tem um poder enorme, tanto podem construir como destruir. As suas não só constroem como mantem viva a obra que um dia alguém através de palavras ajudou a construir. Um grande abraço. Parabéns de verdade pela belíssima homenagem ao já saudoso colega do blog CAIXA DE PANDORA, Phelipe Castanho

    ResponderExcluir
  13. Emocionante sua homenagem.
    Sem palavras.

    ResponderExcluir
  14. Bento.. a morte do Phe me chocou.
    A última postagem que fiz foi para ele tb, e ainda não consegui escrever mais nada no blog. Nem comentar nos blogs amigos. Vim aqui por acaso hj, e comento só pelo assunto que é..
    Fiquei sem palavras, e com uma dorzinha que volta cada vez que leio em algum blog amigo do Phe uma homenagem.

    Quanto a ti, fique bem meu amigo. O Phe era um cara muito bacana, e certamente não queria que desistisses de blogar.
    Não tem muitas palavras para serem ditas.
    Elas ainda dóem.

    Um beijo grande
    Nos unimos na saudade..

    ResponderExcluir
  15. Bento, meu querido amigo
    Fiquei sabendo agora e estou arrasada. Que pena! Eu já havia lido nos comentários de seu blog, alguns comentários feitos por ele e sentia o quanto ele curtia o seu trabalho!
    Foi uma grande perda para a nossa blogosfera. Muito linda a homenagem que vc prestou a ele. Assino embaixo com o coração apertadinho. Com certeza, o nosso consolo é saber que ele está bem, seja onde estiver. Um grande abraço de solidariedade a você, meu amigo.

    ResponderExcluir
  16. Bento querido que linda homenagem!!
    Nunca desista Bento, passe e leve o que de bom recebeste do amigo que ainda está vivo de outra forma e em outro lugar...
    Ele morreu de quê?
    Beijos,
    Carla

    ResponderExcluir
  17. Bento, é muito triste perder pessoas que estão caminhando junto nesse estrada blog esfera, a gente acaba construindo laços profundo de amizade. Em 2003 conheci uma blogueira muito querida, e no começo de 2005 ela me escreveu um email que estava internando pra uma simples cirugia e dizia que estaria de volta dois depois. No outro dia abri meu email e li a triste mensagem de aviso de falecemento enviado pela sua familia . Dei a noticia no meu blog e foi muito triste... Aqui na net a gente consegue contruir boas amizades, embora encontrarmos muitas pessoas ruins e perigosas nesse mundo de blog.Louvo por ter conhecido seu blog e poder estar te lendo. É grande amigo em palavras, em comentários, em poesia, em todos os sentidos...Você está, e estará sempre na minha lista de amigos.
    Parabéns pela homenagem e pelo belos versos arrancado da alma. Como essas palavras:
    Só aceito essa súbita partida,
    Apesar de não ter tudo cumprido,
    Porque podemos nos ver noutra vida.
    Um beijo e ótima semana!

    Smareis

    ResponderExcluir
  18. Faço minhas as palavras dele. Vc é mesmo um cara super talentoso e me orgulho de ter sua presença lá no meu humilde blog.
    O Phelipe era um grande amigo, vai deixar saudades. Mas deixa tmb a lição de suas palavras, que são o q vão permanecer conosco aqui, como inspiração.
    Linda homenagem, Bento.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  19. Bento, continue sempre com muita força e entusiasmo o seu blog, porque tenho certeza que seu amigo gostaria que assim fosse e mais pessoas pudessem sorver o seu trabalho! Belíssima homenagem! Parabéns!

    ResponderExcluir
  20. É sempre uma pena quando alguém que conhecemos morre. Não conhecia o Phelipe, nem o seu trabalho, mas deixo meus sentimentos a todos os seus entes e amigos que devem estar sofrendo muito neste momento.

    Um forte abraço

    ResponderExcluir
  21. É nestas horas que percebemos o quanto ainda somos "racionais" ou "emocionais". A morte é sempre triste, uma vez que a vida é o princípio e a morte o "final". Logo não aceitamos com facilidade; que finde o maior proposito de se respirar. É sem dúvida muito triste Prof. Bento. Mas é bom saber que seu blog continua; mesmo "sem" a opnião do teu amigo. Posto que sabes tu, que por ele, opnaria por ler sempre o que você escreve. Como acontecia quando em vida.

    ResponderExcluir
  22. Bento, está melhor, amigo?
    Voltei para te apresentar alguns amigos que estão por aqui, que fazem parte do rol dos íntimos, por assim dizer, e que vieram compartilhar por aqui, palavras bonitas, fora nossas amigas em comum: Ma e Lena; se fizeram aqui presentes meu novo amigo, Hamilton e meus amigos mais "antigos": Dilso, Evaldo, Jaynne, Paulo César, Bel (que é minha irmã) e o Almir.
    Tenho que agradecer a eles terem vindo por aqui, e a ti pela sensibilidade e amizade!
    Grande abraço para ti e família!

    ResponderExcluir
  23. bela homenagem querido, mas ainda continuando aqui...

    beijinhos...

    ResponderExcluir
  24. Bento..espero que vc esteja melhor.

    Sou eu que agradeço a sua amizade.

    Bj

    Ma

    ResponderExcluir
  25. Nossa que horror =/
    Ele era meu seguidor e eu seguidora dele,me lembro bem quando comecei as ler suas postagens á 1ª foi quando ele ficou pensando como seria se ele morresse e como estaria o blog.

    Fiquei muito triste.
    http://minhaformadeexpressao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  26. Lamento conhecer seu blog em um momento de perda, do qual tomei conhecimento no blog da Cissa. Tenho enorme dificuldade para lidar com essa sensação que me aflige, diante de partidas definitivas. O conforto de todos que lhe devotavam amor está nas mãos de Deus.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  27. Bento,bela homenagem!

    Sinto muito pela perda de seu amigo.

    A vida é uma peça de teatro que não premite
    ensasaios. Por isso, cante, chore, dance, ria,
    e viva intensamente, antes que a cortina se
    feche, ea peça termine sem aplausos.
    Escrita por(CHARLES CHAPLIN)
    Abraço!
    Luci Sales.

    ResponderExcluir
  28. Eu o conheci,o tive por muito tempo no meu antigo orkut onde nos falávamos bastante.Depois o fechei,e o visitei algumas vezes no seu blog e ele o meu.
    Mas é tanta gente pra seguir que fica difícil nos comunicar regularmente.
    Uma grande perda pra blogosfera e a família.
    Bonita homenagem.
    Só temos que lamentar e ficar felizes por ter conhecido alguém que fez toda a diferença por aqui

    ResponderExcluir
  29. Por favor Bento volte a postar.
    Temos saudades.

    ResponderExcluir
  30. Oi meu querido, tao ruim quando isso acontece. Já tive um caso assim em 2010, nos falávamos por blog, Facebook, MSN e email, interagíamos mesmo. O blog dele ainda se encontra aberto, porque morava sozinho e acredito ninguém tinha a senha.
    Por isso entendo bem você. Sinta-se consolado por mim, de alguma maneira.

    ResponderExcluir
  31. É com satisfação que venho convidar o meu xará também poeta, para ver e participar do meu blog.

    Adorei saber que já temos pelo menos duas coisas em comum, o gosto pela poesia e o nome.

    Muita energia pra você.

    ResponderExcluir
  32. Obrigada prof. Bento é bem verdade. Muitas vezes somos confundidos com tudo que escrevemos sim. No meu caso, é bem comum as pessoas fazer isto; o mais legal de tudo é que não posso ser tudo que descrevo, pois descrevo comportamentos humanos, mas mesmo assim, poucos isto entendem e muitos querem descobrir o autor pela escrita. Tá ai o meu grande segredo. Impossível ser tanta coisa, posto que falo de tudo abertamente, pois meus contos são o que há de secreto no mundo desumano e pouco falado, criam revolta, entre inúmeros sentimentos e perpectivas em quem lê. Sou sempre julgada, especulada, como fria, quente, louca, infeliz, desumana, desacredita do amor, incredula em Deus entre tantos outros adjetivos que já me enviaram, kkk, etc... Mas é bom toda essa confusão, pois e justo assim que eu me resguardo a minha verdadeira cena, a qual apenas eu conhecerei, posto que EU nunca farei minha biografia, pois sou péssima no estilo.
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  33. Bento,
    Lamento ter chegado aqui num momento de dor.
    Não cheguei a conhecer o Phelipe, mas posso imaginar o tamanho de sua perda.
    Você lhe fez uma homenagem emocionante.
    Este será o destino de todos nós, embora nos recusemos a pensar nisto.
    Que bom que o Phelipe passou pela sua vida e
    deu-lhe momentos de alegria. Isto é o que conta.
    Um dia, todos nós nos reuniremos e nos abraçaremos novamente.
    Um carinhoso abraço.

    ResponderExcluir
  34. Amizade é muito bom ter... Melhor ainda, quando ganhamos amigos sinceros... Preservá-los então... Uma conquista...Bj no teu coração uma semana linda !

    ResponderExcluir
  35. Ola amigo...

    Dificil voltar?
    mas temq ue continuar.

    Tive até muitas duvidas sobre a veracidade do fato.
    Mas quando uma pessoa é bacana e marca pela simplicidade, chego a duvidar da existencia dela.As vezes me pergunto: ele passou por aqui?.. e me deixo levar pelo rastro de luz, lembranças e carinho que ficou.Esses não se vão.

    Abraço carinhoso.

    ResponderExcluir
  36. Olá Bento!
    Meu amigo, desculpe-me por só agora ter
    retornado à seu blog. Pois só agora foi que ví
    a mensagem que você tinha deixado lá no Poetas Insanos. E fiquei muito, muito triste com o occorrido com nosso amigo Phelipe, e é nesse momento que se torna ironia do destino, pois mesmo a nós Poetas, faltam palavras para descrever o que sentimos ou consolar os amigos.
    Desculpe-me por ter estado ausente no momento em que nossa união era necessária.
    E cara, linda sua homenagem à ele, sei o quanto vocês eram amigos, e sei o quanto é triste perder pessoas que tem uma ligação intensa com a gente. Um abraço, de um amigo que te admira pelo dom que você tem de ser esse grande e insubstituível amigo, sempre presente em todos os momentos.

    ResponderExcluir
  37. Folhas de Outono veio buscar Folhas Soltas.
    Estive doente,por isso que me ausentei de alguns amigos,pq a maioria não se ausentou de mim...
    Hj estou te convidando a passar lá no meu cantinho só para dizer que tipo de amiga sou para vc,rsrsrsrsr
    Bjssssssssssssssssss

    ResponderExcluir
  38. Bento algumas almas resolvem partir mais cedo que as nossas...
    Bom dia!
    Carla

    ResponderExcluir
  39. Você é uma presença carinhosa e comemorada, em meu blog. Obrigada!
    bjs

    ResponderExcluir
  40. Bento... saudades de seus hai-kais...espero qu vc esteja bem..
    Obrigada pelo carinho de sempre..

    bj

    Ma

    ResponderExcluir
  41. Bento! Meu amigo!
    Como você está agora? Melhor?
    Estou esperando texto novo amigo! Ansiosa, tá bom?
    Obrigada pelo comentário por lá, e espero mesmo que esteja tudo bem.
    Abração para ti e família!

    ResponderExcluir
  42. Olá amigo,
    Obrigada pela visita. Sua presença é importante.
    Estou passando para lhe desejar um final de semana
    iluminado e de paz.
    Abração.

    ResponderExcluir
  43. Grata sempre pelos teus comentários Prof Bento: é muito bom ver seus pontos de vista, sempre acrescenta. Também creio que não existe perfeição em nada, muito menos em nossa espécie, somos os animais mais falhos que existem, posto sermos "racionais" sem razão. Também achei muito boa a forma de descrever dele, muito inteligente e inesperado final, dai não resisti e e pedi permissão para postar, postei, mas respeito a decisão do silêncio. Quem sou para dizer não e contrariar a individualidade de alguém! De qualquer forma agradeço ele pela gentilaza de me ceder, ri bastante com o texto, o final é ótimo, ótimo.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  44. Voltarei aqui para comentar, mas see não for passar por cima dos teus sentimentos, outro post prof. Se possível um cordel.



    A vida é assim


    Ouça bem a história
    Que aqui vou lhe contar
    Um professor muito estimado
    escrevia sempre cá.
    Com o tempo vem passado
    Ele triste agora está,
    Entristece toda gente
    que por aqui anda.
    Com seu jeito sempre presente;
    impossivel aqui não voltar,
    Faça Haicai!
    Já é tempo!
    Faça um cordel!
    Professor Bento.

    Um grande abraço professor.

    ResponderExcluir
  45. Cheguei até aqui através do blog da Cissa.
    Pena ser em um dia triste, nem sei o que dizer nesse primeiro contato. Bela a sua homenagem.
    Deixo um poema de Fernando Pessoa:

    Eu amo tudo o que foi
    Tudo o que já não é
    A dor que já não me dói
    A antiga e errônea fé
    O ontem que a dor deixou
    O que deixou alegria
    Só porque foi, e voou
    E hoje é já outro dia.

    beijos

    ResponderExcluir
  46. Oi Bento meu amigo cá estou eu pra lhe deixar um Abraço do coração, esteja abraçado amigo. Desejo que seu fim de semana seja muito abençoado. Beijos!
    Smareis

    ResponderExcluir
  47. Oi, meu querido amigo Bento
    Passei agora só pra te deixar um super abraço e te desejar um belo fim de semana!!!!

    ResponderExcluir
  48. Bento, eu de novo!
    Tudo bem amigo? Depois me responde, está bom?
    Fico preocupada, é sincero.

    Também quero te divulgar o blog de um amigo meu, muito amigo (embora ainda virtual), que está comentando aqui, é o Dilso Santos. Ele também é graduado em letras, professor, creio que vocês tenham interesses em comum. Se quiser aparecer por lá, é o Cronutopia:

    http://cronutopia.blogspot.com

    Abraços.

    ResponderExcluir
  49. Oi amigo Bento.
    Estou sentido tua falta!
    Como estás? Melhor?
    Que Deus te ajude a ir se refazendo..
    Quero voltar a ler tuas histórias e teus haicais.
    Um beijo grande, bom final de semana.
    Cuide-se e fique bem!

    ResponderExcluir
  50. Entendo sua dor muito mais do que imagina.
    Ela ainda é viva dentro de mim também.
    Gosto de imaginar que em algum lugar ele olha todos aqui.
    E com certeza não vai gostar de ver o melhor amigo calado por tanto tempo.
    Bom fim de semana e beijão na Tacy.

    ResponderExcluir
  51. Muitas Vezes Deus Tira Alguem Que
    Amamos Tanto.
    Mais Esse Mesmo Deus Traz Alguem
    Que Aprendemos Amar..
    Por Isso NÃo Devemos Chorar
    Pelo Que Nos Foi Tirado
    E Sim ..Aprender A Amar O
    QUE Nos Foi Dado ..
    Nada Que È Nosso Vai Embora Para Sempre.
    A Você Com Muito carinho um
    feliz Domingo (DIA DOS PAIS)
    Beijos No Coração.
    Evanir.

    ResponderExcluir
  52. Bento,
    Estive duas semanas de férias, intencionalmente sem computador, e só agora tive acesso a esta trágica nova. Nem sei que diga, de tal modo estou chocado, pois nutria apreço pelo Felipe.
    Fez bem em prestar-lhe este tributo, ele merecia, pois era uma pessoa especial.
    Continuo em estado de choque, nem sei que diga, há notícias para as quais nunca estaremos preparados...

    Um abraço amigo

    ResponderExcluir