Total de visualizações de página

domingo, 30 de outubro de 2011

Haicai 5

Desenho de Taciane, minha filha com seis anos.

Haicai, haikai ou haiku é um pequeno poema de origem japonesa com aspecto formal de três versos. O primeiro verso tem cinco sílabas poéticas; o segundo sete e o terceiro cinco. A tradição nipônica faz com verso branco e métrica perfeita, mas, no Brasil, tanto é praticado com verso livre quanto rimado (eu gosto mais assim), sobretudo por Millôr Fernandes. Aqui, no Amazonas, há muito haicaístas, como Luiz Bacelar e Zemaria Pinto, que foi meu professor. A idéia central do haicai é paisagística e filosófica, porém os brasileiros abordam temas diversos, por exemplo, político, humorístico. O pioneiro em fazer haicai foi  Matsuô Bashô (1644-1694), que se dedicou a fazer dele uma prática espiritual. A seguir, vou dar exemplos de haicais de autores diversos e depois os meus.

Luar de agosto.
No alheio telhado ao lado
concerto de gatos.
(Luiz Bacellar)

Noite de piracema.
A lua indiscreta mostra
a rota do cardume.
(Luiz Bacellar)

sobre a mesa posta
o olhar do peixe descansa
fitando o infinito
(Zemaria Pinto)

asas da manhã
flutuando à luz difusa
na pele do vento
(Zemaria Pinto)

Doente da viagem,
Meus sonhos perambulam
Pelo campo seco.
(Matsuô Bashô)


Crisântemo branco –
Sequer um grão de poeira
Ao alcance dos olhos.
(Matsuô Bashô).


 E o medo que mete
Esse espelho
Que reflete.
(Millôr Fernandes

Nas pistas
Aviões cheios
De arrivistas.
(Millor Fernandes)



soprando esse bambu
só tiro
o que lhe deu o vento.
(Paulo Leminsk)

nada me demove
ainda vou ser o pai
dos irmaos Karamazov.
(Paulo Leminsk)

E agora os meus:



Na seca, urubu

Tem que comer até fruto
De mandacaru.

Fogo na floresta
Destrói todo manto verde
E só cinza resta.

A coroa-de-frade
É muito mais importante
Que a coroa de abade.

É um pêlo chique,
Que cresce no verão (a barba
Do chique-chique).

A esse Fujicida
Não irei enquanto ainda tiver
Muito amor à vida.

Estrela cadente,
Tenho um pequeno pedido:
Que eu fique contente!

Em pleno arrebol,
Numa tarde de verão,
Veio chuva com sol.

Ah, que formosura,
Tamanduá-bandeira come
Também tanajura!

Tigre-de-bengala
Pede clemência igualmente
Ao ursinho coala.

Sofre o caranguejo
Quando o Mar briga com a
Praia, eu sempre vejo.



Formiga com asa

(Sinal de sua liberdade

p´ra fugir de casa).



Após sol-com-chuva,
Houve  revoada, em nuvem,
De alada saúva.

Como camicase,
A formiga, quando quer
Se perder, cria-se asa.

Semelhante ao jarro,
O besouro faz sua casa
Somente com barro.

O Céu estrelado
Me imbui de verve que fico
Mui refestelado.

Na chuva com sol,
Fica mais viçosa e viva
Flor de girassol.

Café-da-manhã
Da libélula é larva
Do carapanã.

Plaina com estilo
De árvore, em árvore,
Um alado esquilo.

A chuva de abril
Faz desabrochar a flor
Do pé de abiu.

É num simples ato
Que a cobra dá fatal bote
No indefeso rato.

Chuva torrencial...
Os batráquios começam
 O ensaio musical.

No sol da manhã,
O bem-ti-vi canta no
 Pé de tucumã.



44 comentários:

  1. Bento,
    Graças à sua pertinência e persistência, o haicai já é palavra que faz sentido. Obrigado.
    Permita-me também, meu amigo, uma referência à Taciane. É que os seus desenhos evidenciam, a pouco e pouco, um traço cada vez mais seguro. Ela está a crescer e, pelos vistos, apoio parental não lhe falta. Folgo em constatar o facto.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Adoro os teus Haicais, Bento.
    Ótimo final de semana =*
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Bentinho!
    Rei do Cordel e, pelo que vejo, dos haicais também! Volto com calma, querido amigo!
    Agora estou para desejar a ti e tua família um excelente domingo!
    Beijinhos especiais para a Taciane!

    PS.: No máximo de madrugada, voltarei para ler com calma.

    ResponderExcluir
  4. C'os Haicais da vida
    Da morte e da despedida
    Saí a caminhar

    Mistura crescida
    De Moiras entretidas em:
    Puxar, tecer, cortar

    Inspirado por ti e outros mestres do haicai, ousei fazer dois (vide acima), contudo eles entram em simbiose, o que não os caracteriza naturalmente como sendo um deles - haicais. Pelo menos tentei seguir a métrica (cinco sílabas poéticas + sete + cinco = haicai. Contudo confesso que tentei, mesmo sem sucesso!!! hehehhe... Parabéns por ter mais essa capacidade e competência poética!!!

    Um abraço mestre-poeta e um abraço especial a sua artista particular: a pequena e talentosa Taciane (puxou ao pai...)

    ResponderExcluir
  5. Uma das melhores coisas da vida foi a surpresa em saber que existe gente no mundo como você: sensível e com uma verve afinadíssima em organizar as palavras para formar outras gentes...
    Abraço e eis sua missão, poeta!!!

    ResponderExcluir
  6. Acho legal Bento mas vou te confessar que não entendo estas cinco ou sete sílabas...por mais que eu conte e reconte nos versos...dá sempre mais.
    Bom domingo amigo e beijinhos para a Taciane!!

    ResponderExcluir
  7. Olá estimado Bento,

    Como está?
    Vou aprendendo umas coisas por aqui, é verdade.
    Desconhecia essa forma de poema japonês e depois a sua, que encerra quase uma moralidade.
    Extraem-se verdades de poucas palavras, tipo trovinha.
    Parabéns pelo realismo e pureza.
    No entanto, há regionalismos, que eu não compreendo, como é normal.
    Boa semana.

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  8. Olá Bento,

    Poderia lhe dizer o que a seguir escrevo, internamente, mas não, o vou fazer, mesmo aqui.
    Leio os comentários dos outros comentaristas e os de seu amigo Dilso, sobressaem, sempre, sempre, e muito.
    Parabéns pela vossa amizade, e as minhas desculpas ao "meter a foice em seara alheia".

    Abraços de luz.

    ResponderExcluir
  9. Oi Bento...


    Eu sou suspeita..

    A minha primeira ceramica, a que me mostrou realmente qual era a vocação eu fiz inspirada num hai-kai..

    O seus são de uma leveza...parabéns Amigos das Palavras que Encantam...

    ResponderExcluir
  10. Hai-cai vem da sutileza japônica! Objetivamente propõe. Eu, latina, prolixa e subjetiva... sofro na condensação de ideias! Parabéns, Bento por mais este estilo literário.
    Taciane revela-se na coluna do marketing, pois desenhou semblante de olhinhos "puxados" à la raça japonesa e fez comercial "embutido"... de um site! Ela é genial! Tem a quem "puxar". Beijinhos, Taciane! Dupla perfeita.
    Célia.

    ResponderExcluir
  11. Quantos hein, e muito bons por sinal.
    Parabéns Bento
    Abraço ;D

    ResponderExcluir
  12. Eu sempre gostei de rimas bem feitas, nada daquelas coisas de rimar verbo com verbo ou até rimas estranhas que a gente vê por aí. E também sempre fui fã do Millôr, não pela sua poesia em si, mas pelo seu talento com a manipulação das palavras.

    Já tinha visto aqui uma vez algo sobre o Haicai, muito interessante.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  13. Bentinho,
    Rei do Cordel e de outros estilos.
    Muito bom amigo, termos contato com toda essa tua flexibilidade literária, um dom Divino, por certo.

    De todos, este:
    "Como camicase,
    A formiga, quando quer
    Se perder, cria-se asa."

    Foi o que intuitivamente mais apreciei.
    Parabéns, amigo!
    Li e reli!

    Ótima semana para ti e a família!
    Lindo desenho da Taci! :)

    ResponderExcluir
  14. Olá Bento!

    Deliciosa mistura!

    Amo os bem te vis ...


    bjs meus

    ResponderExcluir
  15. Bento, você sabe que o universo dos blogs nos permite tomar contato com as mais variadas formas de conhecimento e descobertas. É por isso que sou muito criterioso quando escolho um blog para seguir. Suas publicações que aparentemente poderão parecer simples aos olhos de quem não tem a fome do saber, é extremamente rica e atraente para os que como eu, tem voracidade não só pelo saber, como também pelo entendimento do saber. Olha o exemplo do haicai aí. Um grande abraço sábio, amigo. Parabéns pela publicação.

    ResponderExcluir
  16. A vida é magia e encanto.. é preciso preservar a beleza dos nossos corações.
    Saber olhar com pureza de alma respirar como se nascêssemos a cada instante!
    A felicidade e a Magia é algo, que entra em nossas vidas, com total explêndor.
    Hoje sinto que renasci novamente estou muito feliz por isso
    estou aqui .
    Carinhosamente convido você a ler a postagem do meu blog.
    Aquilo que pode parecer pouco para muitos
    para mim é tudo de bom que poderia acontecer nessa fase
    da minha vida.
    Gostaria muito de ler seu comentário no meu blog.
    Uma linda semana beijos.
    Evanir(EVA)

    ResponderExcluir
  17. Bento um boa noite especial para ti!!
    Obgda pela bela explicação sobre haikai tá? Está explicado e entendido!
    :D
    Bom dia!
    Boa semana!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Bento
    Você deu uma aula de haicai como ninguém. Parabéns. Perfeito haijim.
    Gostei mais dos seus haicais sobre Chuva e este:
    Plaina com estilo/ de árvore em árvore,/um alado esquilo.
    Faz haicais com uma riqueza de palavras inspirada
    na sua região, como carapanã, Ibiu, etc
    Adorei.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  19. Mestre também em Haicai.
    Quanto talento professor.
    Gosto da simplicidade dessa arte.
    Boa semana e grande abraço.

    ResponderExcluir
  20. Grande Bento....otimos poemas meu amigo, confesso que não conhecia esses versos japoneses, mas achei interessante como soam quando recitados.

    Obrigado por todas as visitas de sempre !

    um grande abraço.

    ResponderExcluir
  21. Bentinho,
    apesar do avançado da hora, já são 4h, vim te agradecer antes de dormir... Muito obrigada pelo haicai! Rei do Cordel e dos Haicais!

    Grande abraço, um excelente dia pra ti, amigo!

    ResponderExcluir
  22. Sou leiga nessa arte,mas lendo vc vou aprendendo um pouco mais,e não resta duvidas de que é forte,intenso,e muito bonito,cada palavra,cada sentença,cada sentimento extraído dos seus textos.Boa semana,Bento,bjka

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Querido Bento,
    Enfim, passei aqui para te agradecer pelo carinho depositado em forma de comentário no meu blog.
    Saiba que vez em quando, sempre que tenho um tempinho, passo por aqui e leio sua literatura fascinante.
    Aliás, literatura de primeira! Tenho uma paixão específica nessa matéria do meu curso de Letras: LITERATURA... Um mundo mágico em palavras!

    Esse seus Haicais são de fato leve, flutuante e dão liberdade ao leitor de imaginar uma reticências para construir algo a mais pessoal de cada um. Isso é poesia, esse dom de dar asas ao outro para que ele invente o próprio voo. Isso eu encontro aqui!

    Beijos e ótima semana!

    ResponderExcluir
  24. Bento

    Obrigada pelo carinho do comentário.Eu ainda não terminei a Página, porque estou coletando os gatinhos dos blogs dos nossos amigos virtuais.Se puder pode me enviar um haicai de gatinho , que sei que enriquecerá mais a minha página.

    Quanto a postar meus haicais no seu blog , fico
    muito feliz . Posso te enviar por email alguns
    que vou escolher no meu caderno de rascunhos?

    Aguardo resposta
    Um abraço

    ResponderExcluir
  25. Bento, muito legal e uma delicia de haicai!

    Vc, e um gênero dos haicai, e encantador!
    Vc estar de parabéns; por definir haicai,
    como, "Um poema,vc , tem uma relaçâo do
    haicai, com a natureza.
    Poesia é tudo isso; Vc tem a arte de escrever
    verso; composição poética, e entusiamo,
    inspiração que desperta o sentimento.
    Estar belissimo!
    Parabéns!
    Bjss na Taci.
    Abraço!
    LUCI SALES.

    ResponderExcluir
  26. Adoreiii seus haikais Bento...você é super criativo amigo e sua filha uma gracinha, mais um belo desenho...
    Beijos e bom feriado...
    Valéria

    ResponderExcluir
  27. Bento,
    Posso dizer-lhe que somente agora tive uma noção do haikai (após esta sua esclarecida explicação). Sempre os achei interessantes, mas agora passo a vê-los com outros olhos.
    Gostei de todos e principalmente da sua habilidade neste tipo de poema.
    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  28. Bento
    Aqui vai alguns dos meus haicais que foram publicados no Jornal NippoBrasil.

    Um ponto preto
    na vermelha flor de sálvia
    estranho inseto

    Jornal periódico semanal de 30 de setembro à 06 de outubro de 2009
    -----------------------

    Ao lado do muro
    verdeja canteiro de nabo
    cultivo do vovô

    Jornal período semanal de 09 a 15 de junho 2010
    ------------------------

    A cor da saudade
    no aroma de incenso
    É dia dos pais

    De 11 a 17 de agosto de 2010
    ------------------------

    Cisca quirera
    no meio das galinhas
    orfão azulão

    De 06 a 12 de dezembro de 2010
    -------------------------

    Um feixe de luz
    aponta a jaca madura
    hora da colheita

    De 01 a 07 de dezembro de 2010
    -------------------------

    Colheita de verão
    retinindo no roçado
    roxas berinjelas

    De 16 a 22 de fevereiro de 2011
    __________________________

    Estes foram publicados no Jornal Nippak:

    Na poça d'água
    resquício da enchente
    girinos em transe

    De 22 a 28 de setembro de 2011
    --------------------------

    Ninguém quer colher
    a flor roxa do jardim
    uma alcachofra

    De 06 a 12 de outubro de 2011

    ResponderExcluir
  29. Bento
    Veja o site do Jornal NippoBrasil.Este jornal encontra-se por ora inativo.
    Mas ainda estão lá os últimos haicais dos leitores
    na coluna Haicais e depois acesse Haicais dos leitores. Tem mais alguns meus cujos temas são:
    jaca , jasmim, vento minuano, chuva criadeira.

    Um abraço.
    Bom final de semana para a sua família. Um beijo a Ticiane.

    ResponderExcluir
  30. Belíssimos haicais, Bento, parabéns.
    Demonstras um domínio da técnica que beira a perfeição.
    Sorte dos teus leitores.
    Agradeço pelos teus comentários lá no blog e, realmente, as novas tecnologias e sua crescente e desenfreada enxurrada de novidades inúteis pode levar a discrepâncias entre qualidade de aprendizado e quantidade de informação.
    Cabe aos pais cuidarem para que seus filhos usufruam da tecnologia da melhor forma possível.
    Abraço, meu caro artífice das palavras.

    ResponderExcluir
  31. Que maravilha, Bento! Dirigiu seu olhar a muitos ângulos, para delinear seus belos haicais. Eles nada deixam a desejar, lidos com os demais que postou. Amei!

    Você é encantador nos comentários e não poderia deixar de agradecer. Mostra sabedoria e oferece carinho. Obrigada.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  32. Prof. Bento vim lhe agradecer. E gostaria que desse o meu abraço, e os meus cumprimentos em extensos comprimentos ao seu avô; diga a ele que o mundo científico estudou muito, e ainda não concluiu a sabedoria das palavras dele; e ainda hoje a ciência chama o homem de racional. No entanto o próprio homem que se conhece em essência é capaz de ter a sabedoria de seu avô e poder dizer com certeza a espécie que somos.Dê um abraço a ele por mim.
    Um grande abraço a você.
    Grata sempre.

    ResponderExcluir
  33. Olá querido Bento,

    Como estás? E Taciane, como vai?
    Passei por te desejar uma óptima 6ª feira.
    Amanhã e depois descansaremos, isto é, temos fichas e aulas para preparar (aqui só para nós, que ninguém nos lê, eu já nem preparo aulas, porque, conforme as características da turma, eu sei o que fazer e que matéria devo abordar. Isto, também, quer dizer, que sou "bem novinha" na profissão, como já sabes).
    Ainda não postei, não. Eu sou um pouquinho diferente. Entendes?

    Beijos de muita luz.

    ResponderExcluir
  34. Bento, obrigado pela visita. Gostei do post e dos haicais. Eu faço um tipo de texto que está mais ou menos próximo e tenho alguns postados no blog e no Pensador-Uol. Mais ou menos assim, não sei se na mesma ordem. Mas nesse caso não altera o viaduto, rs rs
    Vamos lá:

    "Pois neste mundo bicudo:
    miséria na alma e vestido de veludo;
    É coisa séria...-vale tudo!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  35. Oi Bento,

    Agradeço as tuas palavras, que foram como um encontro virtual, um tête-à-tête, entre nós dois.
    Reparei no comentário, que te deixei há minutos, e estou furiosa comigo mesma.
    "Passei por te desejar"... vejam só! Não é erro ortográfico, mas, neste contexto, é PASSEI PARA.
    Passei por tola e ignorante, foi o que foi.

    Burra!!!!!!!!!!!!!!

    Beijinhos para ti e Taci(até rima!).

    ResponderExcluir
  36. Folhas de Outono adora visitar Folhas Soltas!
    Saudadesssssssssssssssssssssssssssssssss
    Saudade grande,sabia!
    sair alguns dias da net e me perdi na volta,kkkkkk,como atrasou minhas visitas...mas nunca esqueci vc,estava passando pelos arredores e agora pelo centro,e vc faz parte do meu centro.
    Acho que vou ter que me entereçar pelos hai-kais para não ficar por fora.Mas preciso de um professor(a)para dar as primeiras aulas...quem irá se canidatar,kkkkkkkkkk
    "Semelhante ao jarro,
    O besouro faz sua casa
    Somente com barro."
    Fico com esse que é indentificação do meu viver.
    Beijinhos para a artista da familia!
    Para vc um beijo grande!

    ResponderExcluir
  37. Bento..passando pra desejar um bom final de semana!! aproveitei e li seus hai-kais de novo.,r.s
    bj

    ResponderExcluir
  38. Bentinho, Rei do Cordel (e também dos Haicais rsrs).
    Vim agradecer, meu querido amigo, teu belíssimo comentário lá no post da amizade.
    Fiquei encantada, AMIGO!

    Grande abraço, ótimo fim de semana para ti e família!

    Fico no aguardo de seu próximo post :)

    ResponderExcluir
  39. Folhas de outono adora visitar Folhas Soltas!
    Sabia que domingo é dia de visitar as pessoas que amamos,kkkkkkkk,vc é uma delas meu menino grande...desejo uma semana de paz juntamente com a família...
    Um beijo grandeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

    ResponderExcluir
  40. Olá, Bento.

    Até há pouco tempo eu tinha prestado pouca atenção nos haiscais, mas agora tenho visto uma bela bandeira se levantar, expandindo a forma de pensamento originária do oriente, especialmente a arte de comunicação dos poetas da terra do sol nascente. Devagarzinho vamos somando, incorporando as leituras das frases concisas de elegante e profunda expressão.
    Desta vez a arte é vinda de brasileiro e a bandeira tremula com as cores do Brasil, especialmente aí no Amazonas, reforçada pelo verde das florestas e pelos versos feitos por esse professor brasileiro, o nosso amigo Bento.
    Agora posso até arriscar a fazer um haicai, mas não ria de mim. Professor não ri de aluno. rs

    Conheci um brasileiro,
    Que não mora no estrangeiro,
    Mas escreve haicais tão belos,
    Que faz ler o mundo inteiro.

    Ôpa! Quase consegui, mas saiu outra coisa além de sobrar uma frase. r s
    De qualquer forma, peço que aceite como homenagem. r s
    E a Taciane fez um haicai em desenho: o Sol com a habitante de olhos orientais.

    Um grande abraço, Bento.

    ResponderExcluir
  41. Ele é timido prof. Bento; e muito reservado, por ser um homem público também, prefere sempre o anonimato, mas vou convence-lo a deixar eu colocar uma foto sua aqui. E nas fotos da impressa não terá como ele aparecerá.Pois como sempre ele esta ao meu lado.
    Um abraço!

    15 de novembro de 2011 19:06

    ResponderExcluir